Chillida-Leku

( Museu Chillida-Leku )

O Museu Chillida-Leku é um museu espanhol, localizado em Hernani, Guipúscoa, construído a partir de um dos maiores desejos do escultor e gravador Eduardo Chillida: criar um espaço museológico especial onde pudesse partilhar a sua obra com o mundo em redor e, mais que tudo, expor os seus mais presados e melhores trabalhos.

Eduardo Chillida e a mulher, Pilar Belzunce, compraram a quinta de Hernani, San Sebastian, em 1980. O casal dedicou-se a restaurar o edifício do século XVI e a criar a sua visão do mundo naqueles onze hectares de terreno.

Nasceu o jardim das esculturas, com 40 monumentos de aço, ferro e granito cuidadosamente colocados na paisagem.

O rei Juan Carlos inaugurou Chillida Leku a 16 de setembro de 2000, o artista morreu dois anos depois e o seu lugar fechou em 2011.

No dia 17 de abril de 2019, o sonho de Chillida reabre pela mão dos herdeiros do escultor, em parceria com a galeria suíça Hauser & Wirth, criando um renovado polo cultural no norte de Espanha[1].

Hoje em dia, o museu conta com um legado de cerca de 700 obras de arte, entre elas 391 esculturas e cerca de 300 obras em papel.

Referências
«Reabre o jardim das esculturas monumentais de Eduardo Chillida em San Sebastian» 
Ícone de esboço  Este artigo sobre um museu é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Ícone de esboço  Este artigo sobre Espanha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Adicionar novo comentário

CAPTCHA
Segurança
482675913Clique/toque nesta sequência: 7993
Esta questão é para testar se você é um visitante humano ou não a fim de prevenir submissões automáticas de spam.

Google street view

Onde você pode dormir perto Museu Chillida-Leku ?

Booking.com
527.580 visitas no total, 9.232 Pontos de interesse, 405 Destinos, 168 visitas hoje.